Entrevista de duas páginas publicada pelo jornal O Presente na edição desta quinta-feira (23), o ex-prefeito Dieter Seyboth confirmou que o clima dentro do PPS local não está muito a seu favor, o que ficou evidente no evento promovido pelo partido na semana passada, quando Dieter sequer foi convidado para compor a frente de honra. O ex-prefeito diz que quando passou o comando do partido para o seu sucessor Wilson Moraes havia um acordo, que vem mudando de rumo, de modo que ele, Dieter, já não sabe se vai permanecer no PPS.

Na entrevista ele também não nega a possibilidade de voltar a concorrer a prefeito nas eleições de 2012. Porém, uma coisa fica clara. Se for candidato a prefeito, não será pelo PPS, partido que já tem seu pré-candidato na pessoa do seu atual presidente Wilson Moraes.

One Reply to “Desconforto no PPS”

  1. Considero que foi infeliz a entrevista do EX prefeito e EX presidente do PPS, diante da historia política dele, poderia ter se exposto menos e ter ficado menos em cima do muro diante e outras situações que ele declarou ao jornal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *